Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lume Brando

10
Mai11

Um livro, uma receita #21






Um gratinado que há muito queria experimentar e me encheu as medidas.
Aromático, cheio de sabor, delicioso.

Mas se eu sou suspeita a falar, a prova de que vale mesmo a pena fazê-lo está na reacção "Mmmm... muito bom!" das minhas colegas de trabalho, ontem, quando lhes dei a provar as sobras, que foram o meu almoço.

Estou ansiosa por repeti-lo num dia especial, e assim mimar ainda mais gente com esta coisa boa.

E mortinha que chegue a Feira do Livro do Porto: uma boa ocasião para completar esta colecção de livros e trazer mais alguns que tenho andado a namorar.



Gratinado de Legumes com crosta de Ervas

(adaptado do livro "Cozinha Saudável")

3 batatas doces médias
3 cenouras médias

(a receita original inclui ainda batata normal)
150 ml de natas
150 ml de caldo de legumes
2 dentes de alho picados
1 chávena almoçadeira de pão ralado
(de preferência pão fresco ou do dia anterior ralado em casa)
1 colher de sopa de queijo parmesão
1 raminho pequeno de salsa
Tomilho seco qb

(na receita original, as ervas são Salva e Alecrim)
Manteiga para untar
Sal, se necessário


Pré-aquecer o forno nos 200º.
Untar um pirex quadrado com manteiga.
Descascar as cenouras e as batatas doces e cortá-las às rodelas.
Fazer uma camada de legumes, intercalando a batata com a cenoura e sobrepondo ligeiramente as rodelas.
Espalhar uma parte do alho picado e sal, se achar que o sal do caldo de legumes não é suficiente.
Fazer mais camadas como a descrita até acabarem os legumes.
Misturar o caldo com as natas e levar a aquecer.
Verter por cima dos legumes, certificando-se de que o líquido passa por todos.
Misturar o pão ralado com o parmesão, a salsa e o tomilho.
Espalhar o pão ralado pelos legumes.
Levar ao forno durante 1 hora ou até os legumes se mostrarem bem macios quando inserir uma faca.
Quando o pão ralado começar a ficar dourado, cobrir com papel de alumínio e retirá-lo um pouco antes do final para acabar de dourar e parte do líquido se evaporar.

Servir como acompanhamento de carne assada ou grelhada, ou então, acompanhar com uma salada de alface para uma refeição mais leve, como foi o caso.

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Teresa Rebelo

foto do autor

Sigam-me

TOP 100 Food Bloggers

TOP 15 Blogs de Culinária Portugueses

Featured on

Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D