Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lume Brando

05
Jun14

Festa na aldeia.






Aviso à navegação: este é um post sem receita.
Há já algumas semanas que não consigo cozinhar nem fotografar para o blog, o que deixa uma parte do meu coração vazio, porque trabalhar para este projecto é uma das coisas que mais prazer me dá.

O final do ano escolar é sempre uma altura com vários compromissos, incluindo alguns ligados à instituição onde faço voluntariado. Para além disso, estive a organizar e a orientar um workshop de cozinha privado, tenho os rapazes a terminar o ano lectivo e, na última semana, andei atarefada a organizar a Primeira Comunhão do mais velho.

Um momento importante para toda a família, que me deixou tão feliz quanto nostálgica e pensativa. Estava grávida do L. quando criei o Lume Brando, em 2004. Isto significa que o blog vai fazer 10 anos lá mais para o fim do ano.
Será que é desta que festejo a data?
Quem me conhece e me segue no facebook sabe que adoro festas, mas surpreendentemente nunca celebrei os aniversários do blog, talvez porque goste mais das festas reais do que das virtuais.

E é precisamente a 'real party' de domingo passado, que aqui vos trago.
Foi um almoço apenas para a família mais próxima, mas mesmo assim quis tornar o dia especial, com detalhes simples mas bonitos, com destaque para as flores naturais.
Costumo dizer que se fosse rica, permitia-me dois luxos: roupa de cama lavada todos os dias e flores naturais, frescas, em toda a casa, todos os dias. Como isso não é possível, pelo menos nas festas tento satisfazer esta minha paixão por flores, sobretudo pelas brancas e campestres.

O sol e o cenário - uma casa no campo dos avós paternos - ajudaram e muito à magia deste dia. Alguns elementos da decoração foram feitos de propósito, como a grinalda e os pompons de papel (que uma das minhas sobrinhas carinhosamente conseguiu fazer entre os seus momentos de estudo, obrigada, L.!), mas a maior parte das coisas eu já tinha: o prato do bolo, os castiçais, os dispensadores de sumo (um daqui, os outros daqui), a moldura da ementa, a lousa do bar (que é dos meus filhos), as bases de tronco, os frascos que usei para as flores, os toppers em ardósia dos arranjos, etc.

Deu trabalho? Sim (não só a mim, como aos avós e a todos os que colaboraram de alguma forma).
Mas ver o L. tão feliz e bem-disposto, diz-me que valeu a pena.





18
Nov13

Momentos de partilha.



Para mim, os workshops são exactamente isso.
Momentos de partilha. Não só de receitas, mas de hábitos, de estórias, de emoções ligadas à cozinha e à comida.
Porque não sou só eu que levo receitas e passo a minha experiência.

Por norma, as pessoas que vão aos meus workshops adoram cozinhar (muitas vezes até têm mais experiência do que eu) e têm sempre uma dica ou uma receita que eu guardo com muito carinho e tento pôr em prática assim que puder. Saio sempre mais rica de um workshop, até porque tenho tido a sorte de contar com participantes bem-dispostos, divertidos e muito empenhados.
É por isso que gosto tanto de dar workshops. Logo a seguir a fazer posts para o blog, talvez seja o que eu mais gosto de fazer.
A maior parte das vezes anuncio-os apenas no facebook, mas como desta vez quero falar de dois, achei que valia a pena fazer um post.

O primeiro é já no próximo domingo e na verdade não é só um workshop, mas antes uma verdadeira festa solidária, que vai juntar 16 bloggers numa loja de cozinhas fantástica em Matosinhos: o Armazém 810. No total, vão ser 10 ateliers de cozinha non-stop, guiados por um ou mais food bloggers, cujo valor reverte na totalidade para a associação Sem Abrigo, uma questão social.

À dupla Lume Brando e Coentros & Rabanetes está reservado o tema das "Sobremesas de Natal com Twist Saudável", às 16h, mas há outros temas imperdíveis, é só consultarem o programa.

O Cozinha de Blogs é uma ideia fantástica da Luísa Ginoulhiac, de No Mundo de Luísa, e é com muito prazer que volto a participar, depois do sucesso da 1ª edição, que podem espreitar aqui.
Para mais informações é só seguir a página do Cozinha de Blogs no facebook, onde encontram esta ficha de inscrição. Vai ser o máximo e espero ver-vos por lá.

Depois, no sábado dia 30, é a vez de levar receitas de bolachas e biscoitos ao Work.it, um espaço giríssimo situado nas galerias Península, no Porto. Biscoitos de azeite e vinho do porto, bolachinhas de cacau, húngaros, bolachas decoradas com glacé... uma mão-cheia de receitas muito boas e muito úteis, agora que se aproxima o Natal. Para informações e inscrições, é só contactar o Work.it.

E agora, é só pegar nas vossas agendas, marcar e desafiar mais amigos a juntarem-se.
Digam lá se não são duas deliciosas sugestões?

18
Out13

O Mercado de Sabores/porto.come e um miminho de chocolate e limão.

Parece que foi ontem, mas já passaram quase duas semanas desde o Mercado de Sabores do Continente/porto.come.
Finalmente consegui descarregar as fotos e escrever algumas linhas sobre esta fantástica experiência.
Mais abaixo, podem encontrar a receita que apresentei: umas caixinhas de chocolate com lemon curd e framboesa.
































Na verdade, o primeiro fim-de-semana de outubro foi tão intenso que nem sei por onde começar.
Apesar do meu showcooking ter sido no domingo, estive na Alfândega do Porto também na sexta, a assistir à participação da Joana do Le Passe Vite, e no sábado, para ver em acção a Maria João, do Clavel's Cook. Ambas apresentaram receitas deliciosas que pude provar!
E no domingo, ainda consegui assistir ao showcooking da Inês do Ananás e Hortelã. Fiquei com muita pena de não ter estado presente nos showcookings da Isabel, do Cinco Quartos de Laranja, e do Filipe, do Chilli com Todos, mas com os compromissos de fim-de-semana dos meus rapazes, era mesmo impossível conciliar tudo.

Mas nem só de showcookings vive o Mercado de Sabores, e este ano o evento reservava ainda mais surpresas e animação do que em 2012.  Mais bancas, mais produtores, mais petiscos, zonas de degustação dos produtos Continente, animadores vestidos de cantores famosos, discoteca da Popota para os mais pequenos (este ano, o tema do evento era a Música), artistas a grafitarem ao vivo, passatempos em vários pontos do recinto, e de certeza que devo estar a esquecer-me de alguma coisa, tal era o ritmo alucinante do ambiente que se viveu na Alfândega durante aqueles dias.

Relativamente à minha participação, e apesar de algum nervosismo nos primeiros minutos, acho que correu bem, em parte devido à preciosa ajuda de dois alunos da Escola de Hotelaria do Porto - os simpáticos e dinâmicos Rodrigo e Lucas - a quem eu desejo o maior sucesso profissional.

E porque o post já vai com muitas linhas e temos de passar à receita, quero dizer obrigada à organização, pelo convite e toda a simpatia, agradecer também aos familiares e amigos que me acompanharam neste desafio, e dizer-vos que o melhor do evento - para além da emoção de estar atrás daquele balcão e palco enormes - foi ter podido reencontrar algumas pessoas e conhecer outras que comungam desta paixão pela cozinha e gerem blogs e projetos inspiradores. Para além dos autores dos já referidos Le Passe Vite, Clavel's Cook, Chilli com Todos e Ananás e Hortelã, estive ainda com a Luísa de No Mundo de Luisa, a Naida do Frango do Campo, a Rosa do Be Nice Make a Cake, a Ana do Petiscos&Miminhos e a Joana do Coentros & Rabanetes.

Um fim-de-semana tão delicioso, como a sugestão que se segue...

Nota: a foto da minha participação foi retirada da página 'Chef Online' do Continente.








Caixinhas de Chocolate com lemon curd e framboesa


Caixinhasde chocolate*
LemonCurd**
Framboesas frescas
Açúcar em pó

 *Podem ser de compra ou então,seguir esta receita:

Chocolate de culinária (100 g paraaprox. 14 forminhas)
Forminhas desilicone ou papel (tamanho miniqueques ou brigadeiros)

Partiro chocolate em pedaços e levar a derreter em banho-maria (atenção que a água não deve tocar no recipiente do chocolate; este deve derreter apenas com o vapor).
Comuma colher pequena encher o fundo das forminhas e barrar as laterais com ochocolate derretido. Levar ao frigorífico até endurecer. Quanto mais tempo estiverem no frio, mais fácil será descolarem da forma.

**Pode ser de compra ou então,seguir esta receita:

100 mlde sumo de limão
2 ovos L
150 gde açúcar
2colheres de sopa de raspas de limão
60 g de manteiga à temperatura ambiente

Levarao lume o ovo bem misturado com o açúcar e o sumo de limão.
Comum batedor de varas, mexer sempre para não ganhar grumos, até engrossar.
Devedemorar cerca de 8/10 minutos. Retirar do lume e incorporar a margarina empedaços e a raspa de limão. Mexer até a  estar bem derretida e dissolvidano creme. Passar para um frasco esterilizado, tapar, deixar arrefecer erefrigerar. O quesobrar pode ser guardado no frigorífico durante cerca de 15 dias.

Para montar as caixinhas:
Descolarcom cuidado as caixinhas de chocolate das formas (caso não use caixinhas de compra) edispor num prato ou tabuleiro. Com uma colher pequena, encher as caixinhas delemon curd. Colocar uma framboesa por cima e guardar no frigorífico até aomomento de servir. Polvilhar com açúcar em pó antes de servir.


26
Ago13

Let's cook together!








































A Escola Internacional de Hotelaria é um novo projecto ligado ao Instituto Técnico de Inovação, uma entidade com largos anos de experiência na área da formação profissional, que me convidou a preparar dois workshops de cozinha agora para o início do ano lectivo, e que se irão realizar em Vila Nova de Gaia, numa das cozinhas da escola sede do Agrupamento Dr. Costa Matos.

Mas não se assustem com o nome formal da escola: os workshops serão bem descontraídos e irão incidir em receitas fáceis de reproduzir em casa: algumas que já andam cá pelo blog, com uma ou outra variação, e outras que nunca foram publicadas e que estou testar especificamente para esta ocasião.
Conto convosco de mangas bem arregaçadas, pois os workshops vão ser bastante práticos!

Para informações e inscrições:
eihcursos@gmail.com
223 750 945

Ah! Atenção apreciadores do mundo de fantasia das frutas e legumes esculpidos: o ITI está a receber inscrições para formação em Carving! Saibam mais aqui.

09
Ago13

Summer birthday party.


























































Ao contrário de mim e dos meus rapazes pequenos, os meus sobrinhos fazem anos na Primavera e no Verão.
Se dantes achava que fazer anos em tempo de férias era uma seca, porque nunca se estava nesse dia com a turma e com os amigos da escola, agora acho esses aniversariantes uns privilegiados.
Os dias de sol deixam toda a gente mais descontraída, as festas podem ser ao ar livre e terminar mais tarde, e os gelados - ainda que possam estar presentes à mesa durante todo o ano - sabem melhor do que nunca por estes dias.

Estas fotos mostram a mesa de gelados que preparei para o almoço de aniversário da minha sobrinha I. Apesar de já não ser uma criança, a I. adora estes mimos e até me ajudou na decoração: os pompons de papel, por exemplo, foram feitos por ela e pela irmã.
Aliás, toda a decoração é DIY: comprei as cartolinas às bolinhas, que usei para fazer as bandeirinhas, as bases das caixas e as etiquetas, feitas no computador e impressas em casa.
Com alguns dias de antecedência, pintei com spray umas caixas pequenas de madeira que andei a recolher pelas frutarias, fiz o topping de chocolate e os gelados - os sabores eram Leite condensado e bolacha, Morango e Framboesa, Nectarina, e Tiramisù  - e fui aqui abastecer-me de coisas boas como os cones, as taças de bolacha e as pintarolas.
A loiça e os frascos já os tinha e têm sido usados nas mesas que vou decorando, e alguns detalhes como as tacinhas de papel e as palhinhas às pintinhas, comprei-as aqui, de onde vieram também os dispensadores de sumo (nas fotos aparece o da groselha, mas na festa havia outro com limonada).

E assim, sem muito trabalho, se fez uma 'banquinha de gelados' que deliciou miúdos e graúdos.
Os meus piratas, então, não cabiam em si de contentes por poderem ser os 'donos da gelataria' e servir os 'clientes'.

E como não há festa sem bolo, para cantar os parabéns à I. havia um delicioso bolo de coco com chocolate branco e framboesa: uma receita que resultou muito bem à primeira, mas que me pregou uma partida da segunda vez que o fiz. Saibam tudo na receita, um pouco mais abaixo!

//


Unlike me and my lads, my nephews were born in spring andsummer.
Until sometime ago, I thought that having birthday duringholidays was boring, because one would never be in class, with school friends thatday. But now I think these are very privileged people.

The sunny days leave everyone more relaxed. The parties canbe outdoors and finish late in the evening. Ice creams - although we can eatthem throughout the year –  tastebetter than ever these days.
These photos show the ‘ice cream table’ I’ve prepared forthe birthday party of my niece I. a 19 year old that still loves thesetreats and even helped me with the decoration: the tissue pompoms, for example,were made by herself and her sister.

All the decor was DIY. With some days in advance, I bought the papers and made the buntings and the labels that I designed on the computer and printed at home. I’ve also painted small wooden fruitboxes that have been collecting around the nearby greengrocers, made the icecreams - the flavors were Condensed milk and cookies, Strawberry and Raspberry,Nectarine, and Tiramisu - and went here to buy good and cool things such ascones, biscuit cups and smarties.
The jars and the tableware are from my personal collection andhave been used in the tables I’ve been decorating. Some details such as thepolka dots paper bowls and paper straws, were bought here, the store where Ialso bought the juice dispensers (you can see in the photos the one with blackcurrantjuice, but there was another with lemonade).
And so, without much work, we had a sweet ‘ice cream parlor'that delighted children and adults alike.

My pirates were very happy because their cousin let them be the'owners’ of  the ice cream shop andserve all the ‘customers’.
And as there is no birthday party without a cake we had a delicious white chocolate and raspberries filling coconutcake: a recipe that worked very well that day, but which revealed itself to bea tricky one later that week.

Check what happened.






























Bolo de de coco, chocolate branco e framboesas
[SaveursMagazine – Spécial Desserts ]

Este bolo deve ser feito de véspera, à excepção dacobertura.

Para amassa:
5 ovos
155 g de açúcar
125 g de farinha
30 g de farinha de amêndoa (ou miolo de amêndoa ralado)

Para acalda de açúcar:
150 ml de água
90 g de açúcar

Para orecheio de coco, chocolate branco e framboesa:
250 g de chocolate branco
4 g de gelatina (3 folhas)
125 g de leite
250 ml de natas para bater
80-100 g de coco ralado
400 g de framboesas frescas (aprox.)

Para acobertura:
200 ml de natas para bater
100 de queijo mascarpone*
30 g de açúcar*
Coco ralado

*Usei 200 g de mascarpone e 60 g de açúcar e ficou muito bom.

Peneirar as farinhas e reservar.
Partir os ovos parauma taça metálica ou de vidro, juntar o açúcar e levar ao lume em banho-maria (a água não deve tocar no recipiente dos ovos),mexendo sempre com um batedor de varas até triplicar de volume. Retirar econtinuar a bater até arrefecer bem.
Entretanto pré-aqueça o forno nos 180º.
Incorpore delicadamente as farinhas, com uma espátula, na mistura dos ovos.Verta para 1 forma de 20 cm untada e enfarinhada (eu verti 1/3 para uma forma e2/3 para outra, ambas de 20 cm, e levei a cozer ao mesmo tempo: assim só tivede partir um dos bolos ao meio uma vez).
Deixe cozer cerca de 25/30 minutos.Retire do forno e desenforme sobre papel vegetal.
Para a calda, leve a água com o açúcar ao lume eassim que o açúcar estiver dissolvido e comece a ferver, conte dois minutos.Reserve.
Para a mousse do recheio, colocar as folhas degelatina em água fria. Levar o leite ao lume e, quando ferver, juntar as folhasde gelatina escorridas, mexer e dissolver bem, vertendo de seguida sobre ochocolate branco partido em pedaços numa taça. Mexer até ficar um creme liso edeixar arrefecer. Bater as natas em chantilly e juntar ao creme com a ajuda deuma espátula. Juntar por fim o coco ralado. Leve ao frigorífico antes derechear, para que ganhe consistência. Entretanto lave e seque as framboesas.
Quando os bolos estiverem bem frios, corte-os em três(ou um deles em dois se tiver feito como eu). Coloque um disco de bolo no pratode servir, regue com a calda de açúcar e barre com a mousse de coco e chocolatebranco. Introduza neste creme metade das framboesas. Tape com outro disco debolo e regue toda a superfície deste com a calda. Volte a colocar uma camada derecheio e introduza a outra metade de framboesas. Coloque em cima a últimacamada de bolo, que deve regar com a restante calda. Se um pouco de mousse sairpara os lados, barre o bolo com ela, com a ajuda de uma espátula. Leve aofrigorífico durante a noite.
No dia seguinte, prepare a cobertura: bata emchantilly as natas com o mascarpone e o açúcar. Cubra  todo o o bolo com este creme. Polvilhe  com o coco ralado e leve ao frigoríficoaté servir.

Nota importante: até este fim-de-semana, nunca tinha feito nenhum bolo assim, em que a massa tem de ser mexida em banho-maria até triplicar de volume (um método cansativo e demorado!), mas correu muito bem, como podem ver nas fotos. Ao contrário da segunda vez que o fiz. Ainda agora não consigo perceber o porquê  da massa não ter crescido e ter ficado com uma textura muito compacta, sendo difícil absorver a calda. Para a próxima, vou seguir uma receita básica de pão-de-ló e usar o mesmo recheio e cobertura, pois é o que faz a diferença neste bolo. E que grande diferença!

//


Coconut cakewith white chocolate and raspberries filling

[SaveursMagazine - Spécial Desserts]



Bake and fill the cake the day before.


For the cake:
5 eggs
155 g sugar
125 g plain flour
30 g almond flour(or grinded almond)

For thesugar syrup:
150 ml ofwater
90 g sugar

For the coconut,white chocolate and raspberry filling:
250 g whitechocolate
4 g gelatin(3 sheets)
125 g milk
250 ml doublecream
80-100 g shreddedcoconut
400g freshraspberries (approx.)

For the frosting:
200 ml whippingcream
100 gmascarpone*
30 g sugar*
Shreddedcoconut

*I used 200g mascarpone and 60 g sugar and it was very good.

Sift theflours and set aside.
Break theeggs into a metal or glass bowl, add the sugar and take to the stove in adouble boiler, whisking constantly until it gets the triple of the volume.Remove and continue whisking until well cooled.
Meanwhilepreheat the oven to 180º.
Fold theflour gently with a spatula in the eggs mixture. Pour to a 20 cm round mould, greasedand floured (I used two moulds: poured 1/3 of the batter to one and 2/3 toanother, and baked at the same time, so I just had to cut one of the cakes inhalf).
Bake about25/30 minutes. Remove from oven and turn out onto parchment paper.
For the syrup,bring the water and sugar to the boil and once the sugar is dissolved andbegins to boil, count two minutes. Reserve.
For themousse filling, place the gelatine sheets in cold water. Bring milk to the boiland when boiling, add the drained gelatine sheets, stir and dissolve well. Pourover the white chocolate broken into pieces. Stir until it gets smooth.Reserve.
Whip thecream and add to the white chocolate mixture.
Finally addthe shredded coconut. Refrigerate for a while in order to get a mousse consistency.Meanwhile, wash and dry the raspberries.
When the cake is completely cold, cut inthree layers (or cut the taller cake in two if you had baked two cakes). Place onecake layer on serving plate, prick all over with wooden pick orskewer, then brush or pour syrup, little by little, letting syrup be absorbedbefore adding more. Spread half of the coconut and white chocolatemousse. Scatter half the raspberries over the mousse, pressing them a little.Cover with another layer of cake and drizzle it with sugar syrup. Fill with theremaining mousse and scatter the remaining raspberries. Place the last cake layeron top and drizzle with the remaining syrup. If a little mousse go out, spreadit over the cake side, with an offset spatula. Refrigerate overnight.
The nextday, prepare the frosting: beat with the electric mixer the cream with themascarpone and sugar. Frost the entire cake with this mixture. Sprinkle with shreddedcoconut and refrigerate until serving.

Important note: till that weekend I’d nevermade a cake batter like this, whisked in a double boiler till it gets thetriple of the volume (a tiring and time consuming method!) but it it wasperfect, as you can see in the pictures. Unhappily, the next time I’ve tryed tobake one, it went wrong, but even now I can’t say why: the batter didn’t risein the oven and it was kind of a compact one, not absorbing the syrup. Nexttime I’ll follow a basic sponge cake recipe and I’ll use the same filling andfrosting, which is what makes the difference in this cake. And what big differenceit is!
09
Jun13

O dia em que os blogs cozinharam juntos por uma boa causa. // The day blogs cooked together for a good cause.










































Há precisamente umasemana, mais ou menos a esta hora, estava a chegar a casa exausta mas muito, muito feliz.
Tinha sido o dia do Cozinha de Blogs, um eventooriginal em que tive o enorme prazer de participar a convite da LuísaGinoulhiac, a autora da página No Mundo de Luisa.
De facto, foi uma honra enorme ter sido incluída no grupo que deuforma a esta iniciativa (em tempo record!), ainda para mais sabendo quem seriam asoutras companheiras de aventura: as queridas Maria João, do Clavel’s Cook, Vera, doHoje para jantar temos..., Naida, do Frango do Campo e Inês, do Ananás e Hortelã. Para além da dinâmica Luísa, claro, a ideóloga do evento.

Workshopsnon-stop durante um dia inteiro num espaço fantástico – a loja de cozinhasarmazém 810, em Matosinhos – e valor das inscrições a reverter para a APPACDM da Maia, uma causa que me diz bastante. E se oprograma prometia, o resultado superou as expectativas.

Foi um diaem cheio: cheio de emoções, cheio de sorrisos e cheio de sabor.
Gratificantepara nós e para todos os que se quiseram juntar: as reacções dos participantes,que nos têm chegado ao longo de toda a semana, não podiam ser mais simpáticas emotivadoras.

A mimcoube-me apresentar um workshop de decoração de bolos, onde usámos pasta deaçúcar para fazer ruffle flowers e bico pasteleiro para decorar um ruffle cake e,à tarde, foi a vez de partilhar o meu bacalhau com broa que em breve passará aconstar da lista de receitas do blog.

Felizmenteconsegui ir espreitando os workshops das outras meninas e pude ir petiscandoalgumas coisas: a paella da Luísa, os fruit pops que a Mª João ia fazendo comas crianças, a panacotta da Vera (que estava muito boa, mesmo para quem não égrande apreciador como eu), a granola da Inês... tudo o que provei estavaóptimo e é a prova de que os blogs não são só fotos bonitas. Ali cozinhou-se asério e partilhou-se a paixão pela comida caseira.

Resta-meagradecer à Luísa pelo convite, a todos os patrocinadoresenvolvidos, que ajudaram pôr de pé esta ideia: armazém 810, Continente, Castellod’Alba, MyCook, Tescoma e Silampos e ainda a todos os participantes. Um obrigada também à Brígida Brito, quemesmo adoentada fotografou o evento durante todo o dia (as fotos deste post são suas). E não podia deixar de fazer uma referência aos alunos da EscolaSecundária do Cerco, do Curso Profissional de Cozinha, que nos deram uma enormeajuda e foram de uma disponibilidade e eficiência incríveis. 

Domingopassado foi mesmo um dia especial. E quem lá não esteve, vai poder sentiratravés das fotos da BB e do fantástico vídeo que a Naida editou, o ambientedescontraído e feliz que por lá se viveu. Querem ver?

Para asfotos, clicar aqui e aqui (quem quiser pode encomendar impressões à BB.)
Para ovídeo, clicar aqui.

 //

One weekago, took place in Matosinhos the “Cozinha de Blogs”.
A unique happeningin which I had the pleasure to participate, due to Luísa Ginoulhiac's invitation. In fact, it was a huge honor to have been included in the groupthat has shaped this event in record time, even more knowing who would bethe other adventure fellows: Maria João, from Clavel's Cook, Vera, fromHoje para jantar temos..., Naida, from Frango do Campo and Inês, from Ananás e Hortelã, beyond the energetic Luisa, the ideologue of the initiative.

Non-stopworkshops for a whole day in a fantastic venue - the kitchens store armazém 810- with the entries' cost reverting to APPACDM Maia, a cause that means a lotto me.

If the eventwas promising, the results exceeded expectations.
It was aneventful day: emotions, smiles, flavors...
It was rewardingfor us and for all who wanted to join us: the reactions of the participantswe had been receiving throughout the week could not be more friendly andmotivating.

In the morning,I presented a cake decoration workshop, where participants used sugar paste tomake ruffle flowers and were incentivated to try the petal pastry tip todecorate a ruffle cake. In the afternoon, it was time to share my ‘cod with cornbread’, which recipe will soon be included in the blog.

Luckily Imanaged to peek some other workshops and I could taste a few things: Luísa’s paella, the fruit pops that Mª João was making with the children, Vera’s panacotta (which was very good, even for someone who is notgreat appreciator like myself), Inês’ granola ... everything was delicious andprooved that food blogs are not just pretty pictures. There, we cooked for realand shared this genuine passion for home cooking and baking.

I want tothank Luísa for this opportunity, as well as all the sponsors involved, whohelped putting up this idea: armazém 810, Continente, Castello d'Alba, MyCook,Tescoma and Silampos. A big thanks also to Brígida Brito, who even a littlesick photographed the event throughout the day and made this post morebeautiful. And I couldn’t forget to talk about the students of EscolaSecundária do Cerco, who gave us a huge help, with a remarkable attitude andefficiency.

Last Sundaywas in fact a very special day. And even those who didn’t go there, will feel through BBphotos and the fantastic video that Naida edited, the relaxed and happy atmospherewe’re missing already. Want to see?

The photos are here and here (you may order prints to BB).
The video is here.

01
Mar13

Na cozinha do Entra // Inside the kitchen of Entra.


































Uma experiência única.
Apesar de correr o risco de ser pouco original, é a expressão que melhor me parece descrever o que se passou na passada terça-feira no Entra Restaurante.

Por muito que tenha pensado em como iria ser, tudo o que imaginei ficou aquém da realidade: foi muito mais divertido, mais estimulante, mais descontraído e mais caloroso do que estava à espera (não que as anteriores 'talentos' com quem eu falei - a Isabel e a Susana - não me tivessem avisado de como seria fantástico).

O bem-disposto chef Luís Magalhães, um dos responsáveis pelo restaurante e que me acompanhou nesta aventura, foi incansável a deixar-me à vontade e a explicar os procedimentos numa cozinha profissional. E até me ajudou a fazer os cupcakes conventuais - a minha contribuição para a sobremesa daquela noite e cuja receita publicarei no próximo post.

Todos os elementos da equipa do restaurante - incluindo a despachada Cátia, que podem ver ali numa foto a manusear com mestria um maçarico assustador - foram altamente simpáticos e pacientes comigo e nota-se que adoram trabalhar ali. Foi muito bom ver e partilhar aquele entusiasmo pela comida!

E a cereja no topo do bolo, foi ter uma mesa de amigos que aos poucos ia ficando maior, com duas grandes surpresas que me encheram o coração: a presença da Isabel e o do Ricardo e de uma amiga que eu não via há mais de 20 anos!

Obrigada a todos: ao meu Gonçalo; ao amigo de sempre Gonçalo S. - que estando a trabalhar em Lx e mesmo adoentado não quis deixar de estar presente; aos queridíssimos Ana e Jorge (e à Teresinha que se deve ter consolado nessa noite na barriga da mãe), aos sempre sorridentes Isabel e Ricardo (o Ricardo foi inclusivamente o fotógrafo e o taxista de serviço), à família mais inesperada da noite: Soraia, Elísio, Constança e Vicente. Ajudaram a tornar esta noite ainda mais especial!

E não seria justo terminar este post sem dar os parabéns ao Entra por esta iniciativa tão interessante e original, e agradecer ao chef Luís Magalhães por me ter deixado entrar na sua cozinha (sem esquecer um big thanks à Gasparzinha, ela sabe porquê ;).

Prometo que nos próximos posts ficarão a saber tudo sobre os cupcakes e a minha escapadinha à capital, que incluiu ainda um workshop com o chef Rui Paula, a convite da Margão.

Bom fim-de-semana!

A maior parte das fotos foram simpaticamente tiradas e cedidas pelo Ricardo Rafael.

//
A unique experience.
Despite the risk of not being original, this seems to be the best expression to describe what happened last Tuesday at Entra Restaurante.

Everything I'd imagined about this moment was an understatement: it was funnier, more exciting, more relaxed and warmer than I was expecting (not that previous 'talentos' with whom I spoke - Isabel and Susana - hadn't warned me that it would be awesome).

The 'good mood' chef Luís Magalhães, one of the two co-owners of the restaurant and whom accompanied me on this adventure, was tireless on making me feel at home and explaining me the procedures in a professional kitchen. And even helped me to bake the "conventual cupcakes" - my contribution for that night desert (I'll post the recipe here soon).

All the staff of the restaurant - including speedy Cátia - whom you can see in a photo, masterfully handling a scary blowtorch  - were very nice and patient with me and I've noticed that they love working there. It was great to see and share that enthusiasm about food!

And the icing on the cake was having there a table of friends which was gradually getting larger, with two big surprises that fulfilled my heart: the presence of Isabel and Ricardo and the presence of a friend of mine that I've not seen for more than 20 years!

Thank you all: my Gonçalo; our great friend Gonçalo - whom even a little sick didn't let me down; the dearest couple Ana and Jorge (and Teresinha, in her mum's womb), the always smiling Isabel and Ricardo (who was the photographer and taxi driver on duty), and the most unexpected family: Soraia, Elísio, Constança e Vincente. You all helped making this night even more special!

And it wouldn't be fair to end this post without congratulate Entra Restaurante by this interesting and original initiative, and thank chef Luís Magalhães for letting me come into his kitchen (not to mention a big thanks to Gasparzinha, she knows why ;).

I promisse that in the next posts I'm going to tell you about the cupcakes recipe and my getaway to the capital of Portugal (which included a Margão workshop with chef Rui Paula). 

Have a nice weekend!

Most of the photos were taken and kindly provided by Ricardo Rafael.




25
Fev13

Brincar aos chefs / Playing chef.







































Pois é, o restaurante Entra desafiou-me e eu decidi entrar.
E é já amanhã que vou integrar a equipa do restaurante por uma noite e cozinhar pela primeira vez numa cozinha profissional (glup!).
Para além de uma vontade imensa de aprender e aproveitar a experiência ao máximo, levo comigo uma receita de sobremesa, que os clientes poderão provar...
Prometo que depois conto tudo!
E se quiserem aparecer, é só reservar mesa aqui.

//
Entra* Restaurant has invited me and I accepted the challenge.
Tomorrow I'll join the team for dinner, cooking for the first time in a professional kitchen (glup!).
Besides an huge desire to learn and enjoy the experience to the fullest, I'm taking with me a recipe for a dessert, that clients will be able to eat...
I promise I'll tell you everything!
And if you want to join us, just book a table here.


*Portuguese word for "come in".
15
Fev13

Never too small to rock!









































O Lucas é um bebé muito à frente: na festa do seu primeiro aniversário não houve ursinhos nem patinhos, nem risquinhas azul bebé.
A inspiração veio antes de um dos seus bodies, onde se pode ler "Never too small to rock".

Lembram-se de um baby shower que mostrei aqui, com o tema do elefante? Pois é, o Lucas é esse bebé, que entretanto nasceu e já fez um ano. E uma vez mais, a mamã do Lucas convidou o LB a juntar-se à festa (obrigada Ana!)

A ideia era fugir dos temas demasiado infantis, até porque o Lucas não tem nenhum boneco ou animal preferido. Quando a mamã Ana me disse que ele adorava música e me mostrou a foto com o body rockeiro, fez-se click nas duas e sabíamos que estava encontrado o tema. Depois, foi só desempoeirar vinis antigos e procurar papéis que combinassem com as cores dos discos, enquanto a mamã Ana desenvolvia, com a sua amiga designer Sofia Oliveira, as etiquetas, os toppers dos cupcakes e os cartões para as embalagens das bolachas.

Na véspera da festa e no próprio dia, a cozinha do LB esteve imparável: daqui saíram barquinhos de chocolate e leite condensado, cupcakes de chocolate e de limão, brigadeiros, vols-au-vent com doce de ovos, bolachas de manteiga decoradas, tacinhas banoffe, espetadinhas de fruta e ainda um ruffle cake de cenoura e laranja.

Tudo empacotado e loiças bem acondicionadas, foi seguir para o local da festa, onde a mamã Ana e duas amigas (obrigada I. e obrigada C.!) me ajudaram a empratar os doces e a dispo-los na mesa.

Felizmente correu tudo bem e ainda houve tempo para fotografar antes dos convidados começarem a chegar (e antes do Lucas terminar a sua sesta!)

Depois desta maratona e das fotos descarregadas e escolhidas, resolvi enviá-las para o blog da Amy Atlas, uma das party stylists mais famosas e reconhecidas em todo o mundo.
Na sua rubrica Featured Submissions, Amy publica fotos e conceitos de festa de outras pessoas, sempre que ela e a sua equipa acham que valem a pena ser partilhados. A fasquia é elevada e por isso, ter a honra de ver um post sobre uma festa nossa no seu blog, é qualquer coisa de extraordinário.

Passados alguns dias, recebi a tão desejada resposta: gostaram e iriam publicar. Só não diziam quando...
Acabou por acontecer na sexta-feira passada e fiquei feliz, feliz, quando dei conta!
Podem ver o post da Amy sobre a mesa aqui.

Entretanto meteu-se o Carnaval, piolhos de férias, e só agora consegui fazer o post.
Espero que gostem. E já sabem: we are never too small (or too old, acrescentaria eu), to rock!

Para ficarem a conhecer melhor os mundos da mamã Ana (e do baby Lucas), cliquem aqui.

//

Baby Lucas is way ahead: at his first birthday party there were no fluffy bears or cute little ducks or baby blue stripes. Inspiration came from one of his bodies, in which we can read "Never too small to rock."

Remember an elephant themed baby shower I posted here? Yeah, that baby is Lucas, who had just turned one. And once again, the baby's mom invited Lume Brando to join the party (thank you Ana!)

The idea was to choose a not too babyish theme, as Lucas has no favorite animal or character. When mom Ana told me that he loved music and showed me a picture of him with the 'rockey' body, we both knew we had found the theme. Then I started to look for old records and wrapping paper to match the colors of the records labels, while Ana was creating, with her friend and designer Sofia Oliveira, labels, cupcakes toppers and cards for the cookies packaging.

On the party's eve and even on the day, the LB kitchen was on fire: chocolate and dulce de leche wafer boats, chocolate and lemon cupcakes, brigadeiros, sweet vols-au-vent, decorated sugar cookies,  banoffee little bowls, little fruit kebabs and a carrot and orange ruffle cake...

With all things well wrapped, including cake stands and other tableware, I rushed to the party venue, where mom Ana and two friends of her (thank you I. and thank you C.), helped me to unwrapp the sweets and put them on the table.

Fortunately, everything went well and I had some time to photograph before the guests have arrived (and before Lucas has finished his nap!)

After this marathon, with the photos downloaded and choosen, I decided to send them to the blog of Amy Atlas, one of the most famous and recognized party stylists worldwide. In its Featured Submissions, Amy presents photos and party concepts of others, wherever she and her team think they are worth being shared. The standards are high, therefore having the honor of seeing a post about a party of ours at her blog is something extraordinary.

A few days later, I received the desired answer: they enjoyed it, and they were going to feature me! But they didn't say when...

It happened last friday and I became very happy when I stumbled across the post on Amy's fb fan page!

You can see Amy's post on Lucas table here.

It was Carnival's 'big' weekend, kids were at home for school holidays, and just now I had some time to write this post. Hope you enjoy. And never forget: we are never too small (or too old, I would say), to rock!

You can follow mom Ana here.
04
Out12

Porto.Come 2012

























Muito entusiasmada mas com (imensas) borboletas na barriga: é assim que me sinto, agora que faltam apenas dois dias para o meu show cooking no evento Porto.Come/Mercado de Sabores do Continente 2012.
O convite para participar foi uma verdadeira surpresa e só espero não ser traída pelos nervos ou pela timidez nesta minha estreia a cozinhar perante o público.

Se ainda não tiverem programa para sábado à noite, dia 6, apareçam na Alfândega do Porto, das 21h às 22h. Ou então, cheguem um bocadinho mais cedo e assistam ao show cooking da Laranjinha, do Cinco Quartos de Laranja. Ou então, passem lá todo o dia ou mesmo todo o fim-de-semana: não vão faltar motivos de interesse para quem gosta de cozinhar e de comer. O programa está aqui.

Quanto à receita (ou serão receitas?) que vou apresentar...  é segredo, mas deixo uma pista fotográfica ali em cima. Só posso adiantar que é doce e que no final o público pode provar.

Até sábado!

Teresa Rebelo

foto do autor

Sigam-me

TOP 100 Food Bloggers

TOP 15 Blogs de Culinária Portugueses

Featured on

Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D