Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lume Brando

15
Set09

Cuidado com as aparências.

id="BLOGGER_PHOTO_ID_5382022106433528242" />
id="BLOGGER_PHOTO_ID_5382022497886093794" />

Digam lá se o meu bolo de chocolate e os meus scones de cebola e parmesão não estão com bom aspecto?

Pois, mas as aparências enganam e estas duas experiências correram muito mal, fazendo do fim-de-semana em que isto se deu, um dos mais tristes da minha existência enquanto food blogger. Pura e simplesmente, nem um nem outros se puderam comer.

O bolo de chocolate era uma espécie de cheesecake por camadas e a receita está aqui, no site da Martha Stewart. Deu para aprender que aquilo a que os americanos chamam wafers não tem nada a ver com as "nossas" wafers, mas não foi por aí que ficou intragável. Mesmo descontando eventuais lapsos de tradução ou conversão, acho que a receita deve ter alguma falha. Não leva açúcar e as duas colheres de sopa que no último minuto resolvi juntar às natas, enquanto as batia, não chegaram para salvar a sobremesa.

Os scones, que mais parecem minimuffins, esses, foram feitos a partir do Livro Essencial da Comida Vegetariana, cujas receitas estão bem detalhadas e as fotos têm óptimo aspecto. Neste caso, acho que a azelhice deve ter sido só minha. Faltou-lhes sal, mas o mal não ficou por aqui, a textura ficou horrível. Sei que a massa de scones (e não só, a massa quebrada também, por exemplo) não deve ser demasiado trabalhada e tentei seguir esta norma, mas pelos vistos alguma coisa falhou. Não percebi porquê, os meus scones "normais" costumam ficar bons.

Depois destas experiências falhadas fiquei mal-humorada, desanimada, com vontade de pendurar o avental por uns bons tempos.

Até que resolvi experimentar isto. É um prato muito básico e simples e os riscos de insucesso são quase nulos, eu sei. Mas mesmo assim, gostei tanto, que voltei a acreditar que um dia talvez venha a cozinhar bem.
04
Mai09

Cacau nada sublime.

id="BLOGGER_PHOTO_ID_5332264001572240370" />
Este fim-de-semana quis experimentar uns soufflés de chocolate. Não posso passar muito tempo sem fazer nada que leve cacau. Acho que os bolos de chocolate são aquilo que faço mais vezes, tendo já experimentado pelo menos dez receitas, desde os que não levam farinha aos que levam óleo em vez de manteiga, passando por aquele em que quadrados de chocolate são colocados inteiros no centro do bolo antes deste ir ao forno. Mas desta última vez, era soufflé o que era suposto ser a estrela de um simples jantar só para nós os quatro. Tinha tudo o que a receita pedia, incluindo o leite condensado e o cacau em pó. E aqui é que a coisa deu para o torto. Costumo usar sempre o "Cacau magro" da Nestlé. Mas noutro dia, tentada pela diferença de preço, resolvi comprar o cacau marca Continente. Mal abri o pacote e se soltaram alguns pozinhos do dito, achei que o cheiro não era bem o que eu estava à espera. Como só tinha este, resolvi prosseguir com a receita. Mas a massa crua, feita com a ajuda do L., que não pode ouvir o som da batedeira eléctrica que vem logo a correr, continuava a não augurar um resultado muito feliz. Lá foram ao forno. Mas não ficaram nada bons e julgo que a culpa foi mesmo do cacau, que tinha um sabor estranho, a mofo. Pode ter sido azar, pode ter sido só aquele pacote, que estava dentro do prazo, como fui logo verificar. Mas não volto a comprar.
Quanto aos chocolates de culinária em tablete, aproveito para dizer que o meu preferido é o da Nestlé. Também gosto muito do Lindt 70% cacau, para aquelas receitas mais poderosas. Das marcas mais económicas, já experimentei o do Lidl (mauzinho) e o do Dia, que para mim apresenta uma óptima relação qualidade-preço, com mais % de cacau do que o Pantagruel, por exemplo.

Teresa Rebelo

foto do autor

Sigam-me

TOP 100 Food Bloggers

TOP 15 Blogs de Culinária Portugueses

Featured on

Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D