Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lume Brando

15
Jun11

O que é que a banana tem?





Tem tendência para amadurecer depressa, tem...

Popular nos Estados Unidos e em Inglaterra, o Banana Bread é um bolo típico de lanche ou pequeno-almoço, e uma saborosa solução para não desperdiçar aquelas bananas que já não temos coragem de comer ao natural por estarem demasiado maduras (o que me acontece muitas vezes, principalmente neste tempo mais quente, em que só a viagem do supermercado até casa já as amadurece!).

Esta versão, com nozes e avelãs, torna-o ainda mais rico e nutritivo, pronto para nos encher de energia logo pela manhã.




Pão de banana com nozes e avelãs
(adaptado da revista It's Good to Know Recipes, Outubro 2010)

75 g manteiga amolecida
100 g açúcar amarelo
2 bananas maduras
3 ovos
200 g de farinha 55 sem fermento
1 colher de sopa de fermento em pó
50 g de miolo de nozes ralado grosseiramente
50 g de avelãs tostadas, sem pele e raladas grosseiramente


Pré-aquecer o forno nos 180º.
Untar uma forma rectangular (de "bolo inglês") com manteiga, forrar o fundo com papel vegetal e voltar a untar e polvilhar com farinha (eu usei uma forma de silicone e não forrei, mas untei para não correr o risco do bolo não desenformar).
Bater muito bem o açúcar com a manteiga até ficar cremoso.
Juntar os ovos, um a um, mexendo bem.
Adicionar as bananas entretanto desfeitas com um garfo.
Juntar as farinhas e o fermento peneirados, e por fim os frutos secos, envolvendo-na massa.
Verter para a forma e levar ao forno durante cerca de 40-50 minutos (fazer o teste do palito aos 40 min. para ver se sai seco).
Deixar arrefecer alguns minutos na forma antes de desenformar.
Servir morno ou frio, simples ou com manteiga.

Pode substituir metade da farinha por farinha integral, também fica muito bom. Se usar três bananas (dá mais sabor), use apenas 2 ovos.

10 comentários

Comentar post

Teresa Rebelo

foto do autor

Sigam-me

TOP 100 Food Bloggers

TOP 15 Blogs de Culinária Portugueses

Featured on

Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D