Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lume Brando

08
Fev11

Maçãs ao sol.




Estas fotos foram tiradas num dos últimos dias de sol de 2010.
Encontrei-as ao remexer nos ficheiros caoticamente arquivados do Lume Brando e achei que era uma boa receita para publicar por estes dias, em que o sol de Inverno nos tem feito companhia.

A receita é da minha mãe, que a faz muitas vezes, sobretudo quando tem um lanche com as amigas vicentinas, normalmente para tratarem de assuntos ligados ao movimento de solidariedade de que fazem parte há muitos anos.

A par das rabanadas (as melhores do mundo!), é talvez o doce que mais associo à minha mãe, mais dada aos salgados. A altura em que me soube melhor, foi quando cheguei a casa depois de ter tido o meu primeiro filho e tinha uma tarte de maçã destas à minha espera. Depois de um parto complicado e de um desconsolo inexplicável nos primeiros dias de puérpera, esta coisa boa e despretensiosa comida ao pequeno-almoço, à sobremesa e ao lanche (acho que a comi praticamente sozinha) fez maravilhas.

Nós chamamos-lhe tarte, mas no fundo é mais um bolo.




Tarte de maçã da mãe

2 maçãs grandes ou 3 médias
4 ovos
125 g manteiga ou margarina amolecida
250 g açúcar + 1 colher de sopa
250 g de farinha com fermento
Sumo de 1/2 limão
Geleia para pincelar


Pré-aquecer o forno nos 180º. Descascar e fatiar as maçãs para uma travessa ou prato fundo. Juntar o sumo de limão para que não oxidem e 1 colher de sopa de açúcar, envolver bem e deixar a macerar enquanto se prepara o resto da receita.
Numa taça, bater bem o açúcar com a manteiga amolecida. Juntar os ovos inteiros, um a um, e por fim a farinha.
Verter esta massa para uma tarteira e dispor as fatias de maçã por cima. Levar ao forno até ficar bem douradinha e um palito sair seco do seu interior.
Pincelar com geleia antes de servir.

11 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Teresa Rebelo

foto do autor

Sigam-me

TOP 100 Food Bloggers

TOP 15 Blogs de Culinária Portugueses

Featured on

Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D