Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lume Brando

15
Set09

Cuidado com as aparências.




Digam lá se o meu bolo de chocolate e os meus scones de cebola e parmesão não estão com bom aspecto?

Pois, mas as aparências enganam e estas duas experiências correram muito mal, fazendo do fim-de-semana em que isto se deu, um dos mais tristes da minha existência enquanto food blogger. Pura e simplesmente, nem um nem outros se puderam comer.

O bolo de chocolate era uma espécie de cheesecake por camadas e a receita está aqui, no site da Martha Stewart. Deu para aprender que aquilo a que os americanos chamam wafers não tem nada a ver com as "nossas" wafers, mas não foi por aí que ficou intragável. Mesmo descontando eventuais lapsos de tradução ou conversão, acho que a receita deve ter alguma falha. Não leva açúcar e as duas colheres de sopa que no último minuto resolvi juntar às natas, enquanto as batia, não chegaram para salvar a sobremesa.

Os scones, que mais parecem minimuffins, esses, foram feitos a partir do Livro Essencial da Comida Vegetariana, cujas receitas estão bem detalhadas e as fotos têm óptimo aspecto. Neste caso, acho que a azelhice deve ter sido só minha. Faltou-lhes sal, mas o mal não ficou por aqui, a textura ficou horrível. Sei que a massa de scones (e não só, a massa quebrada também, por exemplo) não deve ser demasiado trabalhada e tentei seguir esta norma, mas pelos vistos alguma coisa falhou. Não percebi porquê, os meus scones "normais" costumam ficar bons.

Depois destas experiências falhadas fiquei mal-humorada, desanimada, com vontade de pendurar o avental por uns bons tempos.

Até que resolvi experimentar isto. É um prato muito básico e simples e os riscos de insucesso são quase nulos, eu sei. Mas mesmo assim, gostei tanto, que voltei a acreditar que um dia talvez venha a cozinhar bem.

4 comentários

Comentar post

Teresa Rebelo

foto do autor

Sigam-me

TOP 100 Food Bloggers

TOP 15 Blogs de Culinária Portugueses

Featured on

Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D