Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lume Brando

29
Jan14

Comida de conforto que não vai ao forno.






























Podia dizer que toda a comida que eu considero 'de conforto', vai ao forno.
Mas como todas as regras, esta também tem excepção.
Se calhar mais do que uma, porque uma taça de sopa fumegante (dependendo dos ingredientes e da textura), também é capaz de me deixar mais animada num dia feio.
Estas almôndegas, feitas a partir de salsichas frescas, têm essa capacidade. E não é só em mim.
Basta ver a cara de alegria dos homens cá de casa, do maior ao mais pequeno, quando lhes digo que isto vai ser o jantar.
Aprendi a fazer almôndegas a partir de salsichas frescas com o Jamie Oliver.
Acho uma ideia genial e apesar de evitar cozinhar carne de porco, abro uma excepção para estas bolinhas deliciosas, que fui adaptando aos nossos gostos.
Sei que já há salsichas frescas de peru, por exemplo, mas nunca experimentei e desconfio que não ficam tão saborosas.
E se é para confortar, mimar e lamber os beiços, então que se abra a excepção.
Que por estes dias húmidos, frios e cinzentos, bem precisamos.






ALMÔNDEGAS DE SALSICHA FRESCA COM MOLHO RICO DE TOMATE

Para 4 pessoas

750 g de salsichas frescas
1 cebola grande
3 dentes de alho
Farinha qb
Azeite qb
Molho de tomate*
1 raminho de salsa ou coentros
Arroz branco, puré de batata, esparguete ou cuscuz para servir

Num tacho grande, deite um fundo de azeite e leve a alourar a cebola picada e os alhos igualmente picados.
Coloque um pouco de farinha num prato fundo ou taça larga.
Com uma faca, faça uma incisão ao longo do comprimento das salsichas e retire a pele. Com as mãos húmidas, retire pedaços de carne e faça bolinhas. Passe as bolinhas pela farinha e vá colocando no tacho, assim que a cebola e o alho tiverem amolecido e começado a dourar.
Vá descolando as bolinhas do fundo do tacho, com cuidado para não se desfazerem, de forma a que todas fiquem ligeiramente coradas e 'seladas', uns 10/15 minutos.
Junte o molho de tomate e deixe cozinhar em lume brando mais 20/25 minutos, acrescentando água e rectificando os temperos se for necessário. Mexa de vez em quando, para evitar que as almôndegas colem ao fundo do tacho e fiquem queimadas.
Nós gostamos de as comer com cuscuz simples, mas podem servir com outros acompanhamentos, como puré de batata ou arroz branco.

Gosto de fazer o molho de tomate com antecedência e juntá-lo na hora às almôndegas, mas se não tiver o molho já pronto, pode juntar os ingredientes do molho (vinho branco, louro, tomate, pimento e cenoura) às almôndegas: ainda na fase do refogado, junte o louro e refresque com um pouco de vinho branco. Depois junte o tomate, o pimento e a cenoura, tudo partido em pedacinhos. Deixe cozinhar bem, rectificando os temperos antes de servir.

*Molho de tomate

3 tomates grandes e maduros (ou 1 lata de tomate pelado)
1 cebola
2 dentes de alho
1/2 pimento vermelho (fresco ou de conserva)
1 cenoura média
1 folha de louro
Vinho branco qb
Azeite
Sal e pimenta preta acabada de moer

Levar ao lume o azeite, a cebola, o alho e o louro. Quando a cebola estiver translúcida e a querer dourar, juntar a cenoura e o pimento partido em cubinhos e o tomate sem pele, temperar de sal e deixar cozinhar alguns minutos. Juntar um pouco de vinho branco e deixar cozinhar mais uns 10 minutos.
Retirar o louro e retificar os temperos juntando um pouco de pimenta preta acabada de moer. Triturar (eu faço tudo na Bimby) e usar ou guardar em frascos para utilizar mais tarde.


18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Teresa Rebelo

foto do autor

Sigam-me

TOP 100 Food Bloggers

TOP 15 Blogs de Culinária Portugueses

Featured on

Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D