Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lume Brando

25
Mar14

Agrião aos molhos.








Aos anos que andava para fazer este bolo.
Quem me deu a receita foi uma antiga colega de trabalho, que volta e meia o levava para a agência de publicidade onde trabalhávamos (obrigada, Sandra R.).
Lembrava-me do seu sabor doce e do leve travo ao agrião, mas já não me lembrava que a cor era assim tão intensa.
É mesmo uma experiência curiosa, o momento de abrir o bolo e descobrir o seu interior verde vivo.
Um bolo bonito por fora e verdadeiramente bonito por dentro, pois fiz algumas alterações que o tornam mais saudável: açúcar amarelo em vez de açúcar normal e azeite em vez de óleo vegetal.
Também em termos de sabor o resultado agradou bastante, tanto a mim como ao homem grande cá de casa.
No momento em que escrevo este post, os piratas ainda não o provaram.
Será que é desta que não vai haver fitas na hora de comer legumes?





















BOLO DE AGRIÃO E AZEITE

4 ovos
150 g de agrião (1 embalagem)
140 ml de azeite virgem extra (usei Gallo Frutado)
2 chávenas* mal cheias de açúcar amarelo
2 chávenas* de farinha
1 colher de sobremesa de fermento
Açúcar em pó (opcional)

*250 ml de capacidade

Pré-aquecer o forno nos 180º.
Untar com manteiga e polvilhar com farinha uma forma de buraco (ou outra).
Num robot ou processador de alimentos, triturar os agriões juntamente com as gemas e o azeite.
Juntar o açúcar e bater mais um pouco.
Transferir para uma taça grande e adicionar a farinha e o fermento.
Bater as claras em castelo e juntar ao preparado anterior.
Levar ao forno cerca de 50 minutos ou até um palito sair seco do seu interior.
Retirar, esperar alguns minutos e desenformar com cuidado.
Deixar arrefecer totalmente e, antes de servir, polvilhar com açúcar em pó.



21
Mar14

Hello Spring!















Este ano o Inverno parecia querer prolongar-se pela estação seguinte.
Destes primeiros meses de 2014, vão ficar nas nossas memórias os intermináveis dias de frio e chuva, o céu permanentemente cinzento e uma certa tristeza silenciosa que nos atava os pensamentos e a vontade de fazer.
Confesso que o meu estado de espírito é fortemente afectado pelas condições climáticas e que detesto o frio e a chuva.
Sei que há um lado romântico na chuva (para não falar da sua importância real), mas nem esse me consegue convencer. A não ser que esteja em Paris, de braço dado com a pessoa certa, com maquilhagem à prova de água, um cabelo espectacular que até molhado fica bem e a poucos minutos de um banho quente num hotel de charme. Mas isso só acontece nos filmes, certo?
Dou por isso as boas-vindas à Primavera com um sorriso de orelha à orelha.
E para celebrar a leveza dos dias que já se começou a sentir (ainda que no momento em que publico este post, o Inverno tenha vindo matar saudades), aqui fica uma salada tão simples quanto saudável e saborosa (para quem gosta de toranja, claro).
Cebolas novas, toranjas, azeite, flor de sal e pimenta: cinco ingredientes e cinco minutos na cozinha, foi tudo o que precisámos para dizer olá à nova estação.













CARPACCIO DE TORANJA E CEBOLA NOVA
(revista Saveurs - Abril 2013 )

Para dois, como entrada

1 toranja
1/2 cebola nova
Azeite
Flor de sal
Pimenta preta acabada de moer
Cebolinho (opcional)

Com uma faca bem afiada, descasque a toranja, retirando toda a película branca e reservando o sumo que vai saindo naturalmente.Corte a toranja em rodelas o mais finas possível e disponha num prato.Parta igualmente a cebola em argolas fininhas e espalhe por cima da toranja.Numa taça, misture o sumo da toranja com azeite a gosto, uma pitada de flor de sal e pimenta preta acabada de moer.Regue a salada com este molho e termine com um pouco de cebolinho picado.

05
Mar14

A minha primeira granola.




































Como foi possível esperar tanto tempo para fazer granola?
Desde há dois dias, quando finalmente resolvi limpar as prateleiras das embalagens de sementes e frutos secos que por lá andavam perdidas e esquecidas, que me faço constantemente esta pergunta. E não tenho nenhuma resposta que justifique a falha.

Mal publiquei uma foto no fb, recebi vários comentários a avisarem-me de que estava a começar uma viagem tão deliciosa, quanto viciante e sem retorno.
Confirmo: mal os frascos se começaram a esvaziar (assustadoramente depressa), que só penso em fazer mais fornadas e experimentar novas combinações.

A vontade de fazer granola ficou maior depois de ter provado duas granolas de chocolate fantásticas - a da Miss Vite e a da Arlete, que me contou ter aprendido a fazer num workshop da Vera. Como vêem, eu venho tarde, muito depois de outros terem embarcado nesta aventura saborosa e saudável.
Mesmo assim, e apesar da imensidão de receitas disponíveis, achei que esta (adaptada do My New Roots) também tinha o seu lugar. Quanto mais não seja, para me servir de base a novas granolas.

De uma forma muito genérica, a granola é uma mistura de cereais, sementes e frutos secos, que vai ao forno com um adoçante e uma gordura para ligar e tornar a mistura ainda mais crocante, e pode levar ainda, de forma mais opcional, frutas desidratadas e/ou chocolate e/ou 'super-alimentos' como as sementes de chia. No fundo é uma espécie de crumble pronto a usar, que sabe especialmente bem com iogurte e fruta fresca ou compota (espreitem neste post uma combinação vencedora).

Se nunca fizeram granola, não procrastinem como eu. Vejam o que têm na despensa ou comprem quanto antes os vossos ingredientes favoritos e comecem já a revolucionar os vossos pequenos-almoços e lanches.














GRANOLA DE CHOCOLATE
(a partir desta receita de Sarah Britton)

4 chávenas de flocos de aveia
1 chávena de miolo de amêndoa inteira com pele
1 chávena de miolo de avelã inteira com pele
3/4 de chávena de sementes de linhaça
3/4 de chávena de sementes de girassol
3/4 de chávena de pevides de abóbora
1/3 de chávena de geleia de arroz*
4 colheres de sopa de manteiga**
200 g de pepitas de chocolate preto ou chocolate preto partido em pedacinhos

*A geleia de arroz é um adoçante natural, menos calórico e mais saudável do que o açúcar.
**Da próxima vez vou usar óleo de coco, para uma granola ainda mais saudável.

Pré-aqueça o forno nos 180º e forre um tabuleiro de forno com papel vegetal.
Pique grosseiramente as amêndoas e as avelãs.
Numa taça grande misture-as com as sementes e as pevides.
Num tachinho, levar ao lume a geleia de arroz e a manteiga, em lume médio, até a manteiga ficar bem dissolvida. Verta esta mistura na taça dos ingredientes secos e envolva bem. Espalhe esta mistura no tabuleiro, numa camada uniforme, e leve ao forno cerca de 10 minutos. Retire do forno, mexa, e volte a levar ao forno mais 20/25 minutos, revolvendo de cinco em cinco minutos, para que a granola não queime e possa ficar bem tostada por todo.
Deixe arrefecer e junte o chocolate - se quiserem que fique como a minha, em que o chocolate acabou por derreter e se fundir com os outros ingredientes, juntem quando ainda está morna. Se preferirem sentir os pedacinhos de chocolate, adicionem este já depois da granola ter arrefecido.
Guarde a granola em frascos herméticos.

Notas: da próxima vez irei juntar uma quantidade maior de frutos secos, pois são os meus favoritos.
As frutas desidratadas (sultanas, arandos, figos, tâmaras, etc) e os 'super-alimentos' (como as bagas goji e as sementes de chia) devem ser adicionadas à granola quando esta já estiver fria.



Teresa Rebelo

foto do autor

Sigam-me

Levar para o Pinterest

TOP 100 Food Bloggers

TOP 15 Blogs de Culinária Portugueses

Featured on

Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D